Hospital Santa Paula

Nascida como um pronto-socorro, hoje a instituição atua de maneira multidisciplinar, atendendo a diversas especialidades médicas.

Instituição

Hospital Santa Paula

Ficha Técnica

Nome: Hospital Santa Paula
Pronto-Socorro Santa Paula (1958)

Fundação: 15 de setembro de 1958
Filiação ao SINDHOSP: 1º de setembro de 1966
Natureza: Lucrativa

Endereço: Avenida Santo Amaro, 2468
Vila Olímpia, São Paulo – SP, CEP 04556-1000

Ambulância dos anos 60 utilizada para prestar atendimento domiciliar

Histórico

Em 15 de setembro de 1958, na Av. Santa Amaro, é fundado o Pronto-Socorro Santa Paula, que prestava atendimento médico-hospitalar com o envio de uma ambulância à casa do paciente após comunicação por telefone. Poucos anos depois, em 1970, tem início a ampliação do Pronto-Socorro com a construção do Bloco A. Em 1974 foi inaugurado o primeiro prédio do atual Hospital Santa Paula. Neste ano, com o surto de meningite, o Hospital prestou atendimento em massa de doentes e suspeitos.

Em 1980, o médico George Schahin assumiu a posição de Diretor Presidente, e também a direção do Sindicado dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo. George Schahin graduou-se em medicina pela Unicamp, em 1974, e pós-graduou-se em Administração pelo Instituto de Pesquisas Hospitalares, em 1975. Adquiriu experiência como gestor, tendo atuado como Diretor Técnico do Hospital da Unicamp de 1975 a 1977, e como Diretor Técnico, na área hospitalar, do Serviço Público Municipal entre os anos de 1977 a 1979.

Na primeira metade da década de 1980, o Hospital Santa Paula iniciou investimentos em Cardiologia, criando o Serviço de Cardiologia com cirurgia, e investiu na sua estruturação com a compra de equipamentos de hemodinâmica e tomografia.

Em 1984, o Hospital Santa Paula expandiu seu corpo clínico e começou a prestar atendimento para o INAMPS (Instituto Nacional de Assistência da Previdência Social) até 1987, quando iniciou as parcerias com os planos de saúde.

Na década de 1990, o Hospital Santa Paula adquiriu um terreno para construção do Bloco B, inaugurado 1993, com a nova Unidade Coronariana e 100 leitos. Em 1995, o Bloco B foi ampliado com mais um andar destinado a quartos individuais. E, em 1997, houve grande investimento na compra de novos equipamentos como os de radiocirurgia, o tomógrafo helicoidal, e um novo aparelho de ressonância magnética. Já no final da década, em 1999, o Hospital comprou mais dois terrenos para construir o Bloco C do Complexo Hospitalar. No Bloco C, foi instalado um centro cirúrgico com 20 leitos de UTI e angiografia digital.

O novo centro cirúrgico do Bloco C entrou em funcionamento em 2001, e a instituição iniciou a busca pela Certificação de Qualidade, conquistada com a acreditação pelo ONA – Organização Nacional de Acreditação, nível 1. Em 2005, conquistou a acreditação nível 2, e em 2008, a acreditação nível 3.

Durante a primeira década dos anos 2000, o Hospital Santa Paula desenvolveu várias ações e iniciou novas especialidades. Foram implantados serviços de internação com o conceito estético de “hotéis boutique”, modelo de serviços de hotelaria, oferecendo apartamentos sofisticados e portaria eletrônica. Em 2002, foi criado o Instituto de Oncologia do Hospital Santa Paula – IOSP. Em 2006, realizaram-se as reformas das Unidades Coronarianas das UTIs, e a implantação da UTI C para pacientes em estado grave, inaugurando 12 novos leitos em 25 de julho. Em 2007, o Hospital criou o “Cuide-se, Viva a Vida Melhor”, com a proposta de quebrar os paradigmas quanto aos hábitos e costumes para uma melhor qualidade de vida, por meio de campanhas, parcerias e eventos com orientações sobre os cuidados necessários para a saúde física e mental a todos os seus colaboradores e a comunidade vizinha. Em 2009, O Hospital inicia seus projetos e estudos sobre os caminhos da desospitalização e inaugura a Unidade Neuro Integrada.

Os investimentos a partir de 2010 foram no sentido de melhorar a infraestrutura, com reforma da enfermaria, ampliação do Pronto-Atendimento, inauguração do PET-CT (equipamentos para diagnóstico de metástases em tumores malignos), expansão do centro cirúrgico e compra de um acelerador nuclear.

Neste período, tiveram início algumas atividades inovadoras voltadas à humanização da situação de adoecimento, tais como: a instalação pelo Instituto de Oncologia Santa Paula – IOSP e do sino “Um som alto que toca a alma”, que toca três badaladas representando o paciente oncológico e o início de uma nova jornada; a ação “Coneccte”, uma rede digital desenvolvida para prover a troca de experiências e conexões entre pacientes oncológicos; o Banco de Lenços chamado “Lenços Que Unem”, que promove a força da solidariedade além da beleza estética, com a intenção de conectar as mulheres que carregam consigo o poder da superação; o Banco de Bonés, ideia que surgiu dos doadores, para maridos, filhos e amigos.

Na área de oncologia ainda, em 2011, foi estabelecida a parceria com o Hospital Sírio-Libanês (HSL), que assumiu a responsabilidade pela gestão técnica do Instituto de Oncologia Santa Paula.

Outra novidade foi a análise criteriosa que o Hospital Santa Paula fez das fontes de emissão de carbono e do consumo de energia elétrica e de gás, além do destino dado aos resíduos. Para compensar os gases emitidos em suas atividades, o Hospital plantou mais de mil árvores, de cerca de 50 espécies diferentes originárias da Mata Atlântica. O objetivo é minimizar o CO2 emitido a cada ano de funcionamento do Hospital. Assim, o Santa Paula pretende diminuir continuamente a emissão de gases responsáveis pelo efeito estufa nos próximos anos. Foi o primeiro hospital privado brasileiro, e uma das principais empresas do Brasil, a manter uma iniciativa deste tipo.

Confirmando as boas iniciativas, em 2012 o Hospital recebeu a acreditação no Joint Commission International – JCI, para o seu programa de cuidados com os pacientes acometidos por acidente vascular cerebral isquêmico, sendo a terceira instituição hospital a conquistar esse certificado na América Latina. Em fevereiro de 2017 recebeu, da Fundação Vanzolini, a certificação Aqua-HOJE, Alta Qualidade Ambiental, por sua operação e uso sustentável.

Acervo Histórico e Artístico

A instituição não possui um tratamento específico para o seu acervo arquivístico e não possui acervo bibliográficos e museológicos.

Referências Bibliográficas

COLLUCCI, Claudia (org.). Uma História para contar: 60 anos do Hospital Santa Paula, 2018.

Galeria de Imagens

Hospital Santa Paula

Fotos: Acervo Hospital Santa Paula

Instituições

 

ATHUS – Associação de Atenção Humanitária à Saúde

Hospital Edmundo Vasconcelos

Hospital Samaritano de São Paulo

Hospital Santa Catarina

Hospital Santa Paula

Hospital Santa Rita

Hospital Santa Virgínia

Hospital São Lucas

Hospital Vera Cruz

Instituto Paulista

Laboratório Fleury

Laboratório Leão de Moura

Maternidade de São Paulo

Policlin

Sanatório Jabaquara

Redes Sociais

      

      

Informações e local

ENDEREÇO
Rua 24 de Maio, 208 - 9º e 13º andares
República - São Paulo - SP

E-MAIL
contato@memoriasaude.org.br