A travessia, esse momento e lugar em suspenso, que durava em torno de 30 a 40 dias, era o tempo e o espaço para a acomodação dos mais variados sentimentos. Despedir-se da terra natal, das suas raízes e moldar expectativas de um novo tempo em uma nova terra.

Novo clima, novos costumes, outra língua.

Para o Brasil, em função da imigração subsidiada, vieram sobretudo famílias inteiras, exigência dos contratos de trabalho pré-estabelecidos para as fazendas de café, em função de a remuneração do trabalho ser organizada em termos de tarefas ou meação.

Foto: Embarque de Imigrantes
Acervo Arquivo Edgard Leuenroth – Unicamp

Fonte: Memória Saúde